Hora certa

visitantes

contador de acessos

Pesquisar este blog

sexta-feira, 8 de junho de 2012

O Espaço Nordestino

     
A  região administrativa chamada nordeste tem uma superfície de 155600,1km², que corresponde a 18% do território brasileiro. É formado por nove Estados: Maranhão, Piauí, Ceará, rio grande do norte,  Paraíba, Pernambuco, alagoas, Sergipe e Bahia.
 
Paisagens
O nordeste é a região cujas paisagens apresentam maiores  diferenças e contrastes.
O relevo nordestino corresponde  ao planalto do maranhão, Piauí, planalto nordestino, planalto central, planaltos e serras de leste- sudeste, planícies e terras de  baixas costeiras.
A principal  bacia hidrográfica do  nordeste é a do Rio São Francisco é navegável em um longo trecho. Ao descer do planalto para a planície costeira, rio forma as famosas cachoeiras.
os demais rios nordestinos formam pequenas bacias isoladas. o Rio Parnaíba fornece água para a irrigação de lavouras. Muitos rios do nordeste apresentam peculiaridade secam durante longas  períodos estiagens , por isso, eles são chamados de rios temporários,  Rio Parnaíba,rio Jaguaribe, rio Capibaribe, rio piranhas e rio una.  
Vegetação
A vegetação  mata atlântica ( em pequenas áreas da região próxima ao litoral), cerrado (oeste da Bahia e sul do Maranhão), caatinga ( no sertão  nordestino, interior) Mata dos cocais( em áreas do Maranhão, Piauí,  Rio Grande do Norte e Ceará ).
   Mata atlântica
  Cerrado nordestino  
Caatinga
 Mata dos Cocais.
Principais produtos agrícolas
Os principais produtos agrícolas são: cana-de-açucar é cultivada principalmente na região litorânea, onde encontramos  solos escuros, argilosos muito fértil ; tabaco, algodão , caju, uva, manga, acerola, e cacau.
                                                           cana-de-açucar
                                                                            tabaco
                                                                         algodão
                                                                     Caju
                                                                         Manga
                                                                           Uva
                                                                        Acerola
                                                                        Cacau.
O clima
 nordestino são identificados três tipos de clima:
O clima tropical entre o sul da Bahia e o centro Maranhão e no litoral de todos os estados da região, apresenta  duas estações sendo uma seca e outra chuvosa. Clima semiárido abrange a região central do nordeste, as chuvas são irregulares. Clima equatorial úmido em uma restrita área da região localizada a oeste de Maranhão, com temperaturas elevadas e chuvas abundantes.
Sub regiões do nordeste
 Zona da mata e litoral que proveito da grande fertilidade do solo de massapé. Agreste tem grande propriedade dedicadas ao cultivo extensivo de algodão e a pecuária. Meio norte dedicam ao cultivo de arroz como atividade de subsistência.
Economia
A economia nordestina está em constante processo de desenvolvimento. A região vem  recebendo várias indústrias  , um dos motivos  é a concessão de benefícios fiscais pelo governos Estaduais (isenção de impostos, doação de terrenos, etc.)
O outro  elemento essencial para a economia do nordeste  é a exploração de petróleo: a região é a segunda produtora de petróleo do pais e a maior na extração de petróleo em terra. Possui também um dos principais polos petróquímicos  do Brasil –Camaçari, na Bahia.

                                                           Exploração de Petróleo

Turismo
O turismo é fundamental na economia. O grande número de cidades litorâneas com belas praias atrai milhões de turistas anualmente conforme dados do Instituto Brasileiro do Turismo de 2009, capitais com Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife(PE), Natal (RN) estão entre as cidades brasileiras que mais recebem turistas estrangeiros.
                                                                   Salvador


                                                                     Fortaleza (CE)
                                                                     Recife(PE)
                                                                    Natal (RN)
Cultura
A cultura nordestina é bastante diversificada, uma vez que foi influenciada por indiginas,africano e europeus. Os costumes e tradições muitas vezes variam de estado para estado.
Tendo sido a primeira região efetivamente colonizada por portugueses, ainda século XIV, que aí encontraram as populações nativas e foram acompanhados por africanos trazidos como escravos, a cultura nordestina é bastante particular e típica, apesar de extremamente variada. Sua base é luso-brasileira, com grandes influências africanas, em especial na costa de Pernambuco à Bahia e no Maranhão, e ameríndias, em especial no sertão semi-árido.
A riqueza cultural dessa região é visível para além de suas manifestações folclóricas e populares. A literatura nordestina tem dado grande contribuição para o cenário literário brasileiro, destacando-se nomes como João Cabral de Melo Neto ,José de Alencar, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, Rachel de Queiroz, Gregório de Matos, Clarice Lispector, Graciliano Ramos, Ferreira Gullar e Manuel Bandeira, dentre muitos outros.
Na literatura pode-se citar a literatura popular de cordel que remonta ao período colonial (a literatura de cordel veio com os portugueses e tem origem na Idade média europeia) e numerosas manifestações artísticas de cunho popular que se manifestam oralmente, tais como os cantadores de repentes e de embolada.
Na música erudita, destacaram-se como compositores Alberto Nepomuceno e Paurillo Barroso, assim como o cearense Liduíno Pitombeira na atualidade, e Eleazar de Carvalho como maestro. Ritmos e melodias nordestinas também inspiraram compositores como Heitor Villa-Lobos (cuja Bachiana brasileira nº 5, por exemplo, em sua segunda parte - Dança do Martelo - alude ao sertão do Cariri).
Na música popular, destacam-se ritmos tais como coco, xaxado, martelo agalopado, samba de roda, baião, xote, forró, Axé e frevo, dentre outros ritmos. O movimento armorial do Recife, inspirado por Ariano Suassuna, fez um trabalho erudito de valorização desta herança rítmica popular nordestina (um de seus expoentes mais conhecidos é o cantor Antônio Nóbrega).
Musicas populases
                                                                           coco
                                                                         Xaxado
                                                                    Samba de Roda
                                                                         Xote  
                                                                          Axé
                                                                            Frevo
Na dança, destacam-se o maracatu, praticado em diversas partes do Nordeste, o frevo (característico de Pernambuco) o bumba-meu-boi, o xaxado, diversas variantes do forró, o tambor-de-crioula (característico do Maranhão), etc. As músicas folclóricas quase sempre são acompanhadas de dança.

 
                                                                   Bumba-meu-boi
"A região nordestina apresenta varios problemas de ordem sociol e  econênica, a taxa de mortalidade inflantiç é a mais maior do pais 33,2 óbitos a cada mil nascidos vivos. Cerca de 55% das residências não possuem sameamento ambiental . a expectativa de vida do nordeste é a menor do Brasil (70 anos. No entanto, o nordeste tem apresentado melhoras significantivas nos aspectos sociais.''(MORAES. p 45, 2006).