Hora certa

visitantes

contador de acessos

Pesquisar este blog

quarta-feira, 23 de maio de 2012

O Objeto da Geografia


A discussão sobre o objeto da Geografia é bastante ampla. Em diferentes momentos da história do pensamento geográfico podem ser encontradas reflexões ou definições sobre o objeto  de estuda da geografia.
 Para Moraes( 1987, p 13-20), há uma intensa controvérsia sobre a matéria tratada pela geografia. Isso se deve à  indefinição do objeto desta ciência, ou melhor, às diversas definições que lhe são atribuídas.
* Estudo da Superfície Terrestre: definição que se apoia no significado etimológico do termo geo (terra) grafos (escrever): a geografia descrição da terra, por descrever todos os fenômenos manifestados na superfície do planeta. É considerada uma espécie de síntese de todas as ciências. Assim, coloca a Geografia como uma ciência  sintética e descritiva.
* Estudo da Paisagem: mantém-ser a concepção de ciência de síntese. A geografia estuda os aspectos visíveis do real, visto pelo observador. A paisagem é o objeto de Geografia. Possui duas variantes : a morfologia, que é descritiva, enumerando os elementos presente e discussão das formas visíveis pelo observador na paisagem. Nessa perspectiva, seria a ideia  de organismo com função vitais e elementos que interagem na paisagem.
* Estudo da Individualidade dos Lugares:  busca compreender a caráter singular de cada porção do planeta, pela descrição exaustiva dos elementos ou pela visão ecológica, buscando, a partir do inter-relacionamento, um elemento de singularização. Propõe-se  o estudo de uma  unidade espacial passível de ser individualizada. A geografia estuda e região.
* Estudo da Diferenciação das Áreas:  busca individualizar as áreas compará-las com outras, considerando as regularidades, considerando as regularidades da distribuição e das inter-relação dos fenômenos na superfície da terra.
 * Estudo das Relações entre o Homem e a Natureza: pode ser: o estudo das influências de natureza sobre o homem; o estudo das influências do homem sobre a natureza ;e o estudo das relações homem-natureza. Neste último caso, os dois têm o mesmo peso, trabalhondo-se com fenômenos naturais e humanos.


REFERÊNCIA
RODRIGUES. Auro De Jesus. Geografia Introdução à Ciência Geográfica.  Editora AVERCAMP. São Paulo. 2008.

Nenhum comentário:

Postar um comentário