Hora certa

visitantes

contador de acessos

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de maio de 2012

GLOBALIZAÇÃO

 A palavra globalização tomou conta de nosso cotidiano nos últimos anos.Entre os fundamentos da globalização estão o grande avanço dos transportes e das tecnologias de informação;a integração mundial da produção e do consumo;o fluxo intenso de informações em quase todo o mundo;formação ou consolidação de blocos econômicos regionais de países;as tendências de padronização de equipamentos e de homogeneidade cultural.
Segundo Milton Santos ”A globalização é de certa forma,o ápice do processo de internacionalização do mundo capitalista.(...)nos encontramos em um novo patamar da internacionalização,com uma verdadeira mundialização do produto,do dinheiro,do crédito,da dívida,do consumo,da informação”(Santos,2000,p.23, 30).
No entanto “se a economia se globalizou, seria importante construir depressa instituições políticas globais capazes de dominar o seu movimento” (Chesnais,op.cit) essas ausências de políticas geram diferenças no mundo,onde a riqueza de uma minoria está transformando cada vez mais a miséria de grandes massas humanas que não conseguem acompanhar esses ritmos.
No atual período informacional do  capitalismo ,em tempos de globalização, os indivíduos que têm recursos e acesso à tecnologia dispõem de um espaço maior para vivenciar.Principalmente as grandes corporações industriais e financeiras, que comandam o processo de globalização, têm à disposição um espaço geográfico muito maior para explorarem. Hoje elas podem atuar em muito mais lugares. Seu mercado é o mundo, o planeta.
Uma das razões porque o capitalismo sobreviveu e se expandiu ao longo da história foi exatamente por sua capacidade de produzir e ocupar espaço como salientam Moraes e Costa ( 1987 , p.138 ):
“Expansão e concentração são, assim, fundamentos do desenvolvimento do capitalismo. A tendência do desenvolvimento das trocas e da circulação em geral é a de incorporar ao circuito econômico, espaços cada vez mais dilatados. Já foi discutido o processo de formação da história universal, com a mundialização  da economia e a globalização dos fluxos. A internacionalização constitui o momento mais avançado do processo de valorização do espaço. “
 Todavia, a globalização é um processo temporal e espacialmente desigual, não são todos os lugares nem todas as pessoas que fazem parte do espaço de fluxos. Como frisa Ricupero ( 1987 , p. 4): “Ao tratar dessas incertezas, devemos lembrar que a globalização está longe de ser global. Os investimentos externos e o comércio estão concentrados em poucos países.”
Logo, a globalização, calcada nos avanços da revolução técnico-científica ou informacional, é, ao mesmo tempo continuidade e aceleração do processo de mundialização capitalista.





Referências
SENE, Eustáquio  de ;Globalização e Espaço Geográfico. 3 ed.-São Paulo:Contexto,2007.
SAMPAIO, Fernando dos Santos .SUCENA,Ivone Silveira;Geografia (ensino médio) 1ed.-São Paulo :sm ,2010            

Nenhum comentário:

Postar um comentário